Web Cad 5C

As nossas Criações

Web Cad 5C

Novos Conselhos sobre a Arte de Estudar

23/09/2012 · No Comments · Estratégias de Estudo

 

 Laura

 9. Laura V.
Vai para casa,
 lancha e depois faz os trabalhos. 
  Se tiveres desporto mais tarde, chega a casa, lancha rápido e depois faz os trabalhos; se não conseguires trabalhar, trabalha antes do jantar.Se ficares até tarde à espera dos teus pais para te virem buscar, leva os tpc contigo e faz.

 

10. Manuel  C
Ter tempo para fazer o que se tem de fazer. Não estudar demasiado, faz mal. Estudar 40 minutos por dia para ser um bom aluno.

 

 11. Mariana R.
Chegar a casa e tirar 1 ou 2 horas para estudar. Ir para um sítio em que te sintas confortável. Pegar nos livros e separar pelas matérias. Ficar bem sentada e ficar muito concentrada.
12. Mariana C 
Estudar todos os dias um pouco. Tentar estar atentos nas aulas para ter de estudar menos.
.Participar nas Aulas.

 13. Marta O.

Estar mais atento.Fazer apontamentos do que dei na aula.Estudar em casa.

 14. Mell M.
Fazer o resumo da matéria. Ler, depois pedir à Mãe para perguntar perguntas.
Estudar com as minhas amigas e ajudar umas às outras. Fazer fichas sobre a matéria.

 15. Miguel F Parar. Ler a pergunta com calma no teste.

16. Rafaela C.
Concentra-te só nos livros. Cria um ambiente sossegado ligando música baixinha e calma. Se alguém te ligar para o telefone, não atendas. Podes também pedir ao pai ou à mãe que te façam perguntas. E estuda por ti mesmo.
17. Manuel C
Ter tempo para fazer o que se tem de fazer Não estudar demasiado: faz mal.Estudar por períodos de 40 minutos.

 18. Mariana RChegar a casa e tr.irar uma ou duas horas para estudar. Ir para um sítio em que ti sintas confortável. Pegar nos livros e separar pelas matérias. Ficar bem sentada e ficar muito concentrada.

21. Mariana C. 

Estudar todos os dias um pouco. Tentar estar atentos nas aulas para estudar menos. Participar nas aulas.
22. Santiago T.
Estudem acompanhados. Estudem onde queiram. Não estudem demasiado. E estudem focados: concentrados.
23. Tiago M.
Eu sugiro que a Mãe te faça perguntas.
24. Tiago C.
Ler o que queremos saber. Estudar mais do que o que é preciso. Não estudar ao mesmo tempo que fazes outra coisa. Não ler ou fazer matéria que ainda não deste. 
25. Vasco E.
Recordar o que demos nas aulas.

 

 

 

Tags:··

Conselhos para Bem Estudar

22/09/2012 · No Comments · Estratégias de Estudo

Ana Clara: 
  Sublinhar as partes que queremos decorar     
  Ler a matéria com atenção
  Pedir aos Pais para te fazerem perguntas
  Escrever resumos da matéria
 CarolinaC

 Ler as matérias, depois fecharmos os olhos e dizermos o que lemos.
 Ir contar a matéria à Mãe.
 Pedir à Mãe para fazer perguntas.
Diogo T
Estar concentrado nas aulas.
 Saber fazer um bom resumo.
 Fazer esquemas da matéria.
Francisco T
Pôr as costas direitas para pensar melhor
 Prestar atenção ao Professor.
 Não provocar o Amigo nas aulas nem lhe prestar atenção.
 Ter respeito pelos Professores e Colegas.
Francisco S
 Estar atento nas aulas para não estudar tanto.Querer aprender. Esforçar-se ao máximo nas aulas. Não ter vergonha de ter dúvidas: Pergunta.
Frederico L
 Não abusar do estudo.
 Se for mau a Português, estudar mais essas dificuldades.
 Estudar com a Mãe ou com o Pai todas as matérias, fazendo perguntas e respondendo.
 Estar concentrado e em silêncio.
Henrique B
 Fazer esquemas.
 Resumir a matéria.
 Estudar, os pais fazem perguntas.
 Estudar com os amigos fazendo perguntas a eles e a nós.
 Inês V. P.
 Estudar no computador.
 Estar com atenção nas aulas.
 Ler a matéria.

 

 
 

 

Tags:···

1º Dia Noutro Mundo

22/09/2012 · 1 Comment · Estudante, Vida Quotidiana

  O Autor deste texto é o Miguel F do 5C

 Houve uma grande mudança de recreio: já não há escorregas! O campo é maior e é de pedra. Em caso de os grandes “chatearem”, só depois de procurar muito é que encontramos “salvação”. 

 No recreio, temos feito as mesmas brincadeiras: aos agentes secretos, com dardos, facas e temos de matar “os maus” para salvar a nossa família e o nosso chefe.

     No fundo do recreio coberto do Pavilhão há uma passagem, mas não é um local muito secreto: foi descoberto desde sempre.

     Nós, que somos muito curiosos, encontrámos uma passagem em que subi mos dois andares, depois entramos num corredor, vamos até ao fundo, do lado esquerdo, depois descemos um andar, porque há outras escadas, e encontramo-nos na papelaria.

Na Biblioteca, ao fundo de tudo, há umas portas e um caminho; a minha prima contou-me que, se seguirmos bem esse caminho, encontramos a sala de descanso da Diretora – a minha prima já a encontrou em pijama, a beber chá!

     Os Professores são muito queridos. O Professor de Matemática, nas contas de somar, quando é com três números, junta dois números para ficar um número certo e depois soma com o outro – Esperto!

     De Português não gosto muito, mas este ano estou a gostar. 

 Em Ciências estou a aprender imensas coisas: são detalhes de coisas que já sabia, outras são coisas novas, pois graças ao meu pai, a mim e aos professores, sei imensas coisas novas. O meu pai é curioso, sabe um bocadinho de tudo.

     É bom  as turmas estarem baralhadas, porque assim temos de começar do pico zero, é como se não conhecêssemos ninguém. Ah, ia-me esquecendo, não estou tão sozinho como penso, pois tenho um grande amigo com quem partilhei a minha idade desde o 2º ano – porque antes éramos mais rivais, lutávamos imenso… – É bom ter alguém aventuroso para partilhar…

Recordo o Parque da Primária: eu ia secretamente para o outro lado, sem que as vigilantes vissem; quando havia fila, íamos para o corredor onde há a rampa e as escadas, avançávamos até à portaria, íamos à casa de banho dos homens e, outras vezes, íamos por esse túnel só para esperar que a casa de banho ficasse vazia.

     A Professora gritava muito comigo, mas era a brincar; era muito querida. Chamava, algumas vezes, os outros alunos de “Miguel”, porque estava sempre a dizer “Migueeeeeeeeel”!

     Na festa de despedida, foi giro as camisolas com a fotografia dela.

     No passeio de despedida, não sei o nome, mas fomos a um sítio onde havia brincadeiras com água; havia jogos como os matrecos humanos: com água, um sabonete e uma mangueira e muitas vezes as pessoas caíam!

     Também havia uma espécie de jogo em que as pessoas estavam de um lado com um balão de água e tínhamos de fugir sem nos molharmos. Um estava de frente para mim, acertaram-me muitas vezes, mas nenhum rebentou; até que veio um balão aqui e outro aqui e eu saltei e baixei-me.

     Este ano gostaria de alcançar como objetivos: escrever mais rápido,  arranjar novos amigos.

     À minha Turma diria para fecharem a boca e pararem de dizer para eu escrever! E também gostava que fôssemos ajudar a realizar os sonhos de pessoas.

Miguel F, 5ºC

Tags:··

Saltar para a barra de ferramentas